EXPORTAÇÃO
- 25/01/2022 -
TEMPO DE LEITURA: 6 MIN.

Checklist de Exportação: Guia prático de como exportar em 2022

O mercado internacional se tornou um caminho acessível para quem busca expandir seus negócios. E para você ficar atualizado sobre as maneiras mais práticas de conseguir essa expansão, preparamos um passo a passo de como exportar em 2022.

Por que exportar em 2022?

por que e como exportar em 2022

O crescimento do mercado virtual e os avanços das tecnologias têm criado um cenário bastante ativo para o mercado do comércio exterior.

As mudanças na área relacionadas às regulamentações são recentes e trouxeram novos procedimentos.

A Globalização não é novidade para ninguém e seu crescimento torna possível, cada vez mais, a conexão entre empresas de todos os portes e países, além de estarem presentes em qualquer lugar do mundo.

Isso acontece por meio do processo de exportação, que garante o envio e recebimento dos serviços ou produtos internacionais.

A exportação contribui para o aumento da escala de produção e para a aquisição de conhecimento local e global, além de gerar novos empregos, maior renda e crescimento das empresas.

No Brasil, o comércio exterior é uma fonte importante de desenvolvimento econômico que só tende a crescer com as atuais praticidades na hora de exportar.

O Portal de estatísticas de comércio exterior do Brasil apontou recordes de aumento de exportação (cresceu 34%) em 2021 na comparação com 2020 e revelou novas e boas perspectivas do setor para 2022.

Descubra agora como fazer parte do processo de exportação pelo mundo.

Passo a passo de como exportar em 2022

passo a passo de como exportar em 2022

Toda empresa que pretende exportar em 2022 precisa seguir esses passos básicos:

1° – Conheça o seu destino final

2° – Regularize sua empresa

3° – Apresente a documentação necessária

4° – Acompanhe sua mercadoria

1° Passo – Conheça o seu destino final

Se os seus planos de exportação são voltados para o mercado internacional, é importante conhecer bem os locais em que se está investindo os seus negócios e, assim, elaborar estratégias inteligentes e integradas. 

Busque saber sobre a legislação aduaneira, a cultura e até sobre a concorrência dos locais em que deseja exportar para ter segurança e desenvoltura ao negociar seus produtos ou serviços fora do país.

Estude os custos envolvidos em todo o processo, conheça os incentivos fiscais e defina a melhor rota e o modal ideal de transporte das suas mercadorias.

Ah! E não adianta oferecer mercadorias que já existem no destino final. É preciso garantir a diferenciação do seu produto para alcançar os lucros esperados.

2° Passo – Regularize sua empresa

Qualquer empresa do Brasil, independente do tamanho e setor, pode fazer exportação se estiver habilitada através do Portal Siscomex.

Esta habilitação permite que o Governo Federal acompanhe cada empresa dentro do Comércio Internacional.

É necessário também que se escolha o regime de tributação adequado para os seus negócios e não tenha pendências fiscais ou tributárias.

 3° Passo – Apresente a documentação necessária

Anota aí! Os principais documentos solicitados durante um processo de exportação são referentes a sua empresa e as mercadorias a serem exportadas:

– Cadastro como exportadora no Siscomex;

– Registro de intenção de compra por parte do importador;

– Contrato e a lei de câmbio correspondentes à permissão para a troca de moedas estrangeiras e representativo do título de crédito, 

– Modelos de fatura pró-forma especificando os dados dos produtos;

– Documentos do contrato de exportação.

Fora estes, pode ser que alguns dos seus produtos precisem de documentos específicos para o envio acontecer, dependendo da área comercial que ele faça parte. 

4° Passo – Acompanhe sua mercadoria

Após a confirmação de embarque, se assegure que a sua mercadoria chegará ao destino final e dentro dos prazos estipulados.

Estes fatores são importantíssimos para uma boa experiência do cliente e para garantir a fidelização à sua marca.

Desse modo, caso aconteça algum imprevisto no caminho, você poderá tomar as devidas providências em tempo hábil junto aos envolvidos na operação.

Também é possível acionar o seguro Internacional da carga, informar a situação ao cliente e até, se necessário, providenciar uma nova documentação para liberação alfandegária.

Exporte com a ShipSmart

exporte com a shipsmart

Conheceu o Guia prático de como exportar e ainda gostaria de encontrar mais facilidade nesse processo? E que tal se alguém cuidasse de cada um desses passos e você pudesse focar mais na sua produção?

Isso é possível a partir do momento que você conta com a ajuda de empresas prestadoras de serviços de exportação.

Com a ShipSmart, você consegue acompanhar online todas as etapas do processo de exportação como se estivesse enviando um pedido nacional.

Além disso, seu cliente tem visibilidade dos impostos que precisa pagar ainda no checkout, e não precisa se preocupar com surpresas na hora de receber o pedido.

Com o suporte da ShipSmart, seus produtos chegam a mais de 150 países em tempo recorde e com a melhor tabela de fretes do mercado.

Quer saber mais como a ShipSmart trabalha? Converse com a gente.